Por mais que nós, empreendedores, estejamos comprometidos com o nosso negócio, um simples descuido fará nossa empresa chegar a uma fase perigosa: a Zona de Conforto Empresarial.

Até atingir esse ponto, passamos pela Infância e Adolescência, fases nas quais decisões erradas podem debilitar a empresa.

A Infância empresarial é o momento inicial do negócio, quando o empreendedor ainda está sozinho, planejando e buscando parceiros estratégicos. 

Na Adolescência Empresarial, o negócio já iniciou as operações e está ganhando corpo, aumentando as vendas e ampliando movimentações financeiras. 

Sozinho, o empreendedor não consegue controlar todas as operações do empreendimento, e acaba contratando pessoas para fazer o que ele tem menos afinidade.

Com certa pressa, ao invés de delegar e orientar, o empresário acaba delargando as tarefas, sem acompanhar execução por parte dos colaboradores.

E agora entramos na Zona de conforto empresarial. 

Aqui o empreendedor acredita que está tudo correndo na mais perfeita ordem, afinal de contas, todas as incumbências foram delargadas e os novos colaboradores pouco lhe pedem orientação. 

E por ser um trabalho já atribuído, e pelo fato de muitos empreendedores não gostarem dessa área, costumeiramente a tarefa delargada é uma das mais importantes: a contabilidade da empresa. 

Não irá demorar para que o empreendedor sinta os reflexos da zona de conforto.

Mas o que ele não compreendeu é que o segredo para evitar essa fase é nunca delargar, e sim DELEGAR! 

Todas as empresas enfrentam esses estágios, e saber a diferença entre delegar e delargar distingue os grandes negócios dos que estão presos na Zona de Conforto.

Delegar por meio de processos e procedimentos operacionais padrão bem definidos farão seu negócio alcançar o sucesso com mais tranquilidade!

#NossoNegócioÉPensarOSeuNegócio

#VitóriaConsultores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *